Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência de navegação.

ACEITO
Clínica Doutor Pinto Coelho

Gostava de conhecer a Dieta Alcalina? Chegar novo a velho? Prevenir doenças? Manter-se ativo e saudável sem deixar de comer alimentos saborosos? Pois bem, isso é possível e imperativo nos dias que correm até porque já se descobriu que as células do ser humano estão programadas para viverem até aos 120 anos…

Quando o Prémio Nobel da Medicina de 1931, Otto Warburg, disse que não há quase nenhuma doença que sobreviva em ambiente alcalino, desencadeou um interesse pela Dieta Alcalina, o que é o mesmo que dizer que levou muitas pessoas a começar a zelar pelo equilíbrio do pH do seu corpo já que entenderam que o pH alcalino do sangue em algumas situações (stress, poluição, atividade física, mas principalmente envelhecimento) pode aumentar a produção de ácidos e colocar em risco o equilíbrio sanguíneo.

Grosso modo, o que acontece é todos nascemos alcalinos e morremos ácidos. Isto significa que para nos mantermos durante o máximo tempo possível alcalinos, temos de contrariar o processo de envelhecimento. Como? Simples! Quando começamos a tornarmo-nos ácidos, por assim dizer, o nosso organismo, para combater essa acidez (pois o que é normal é a alcalinidade) vai buscar aos ossos e a outros órgãos os minerais alcalinizantes de que necessita para contrariar o excesso de acidez e regularizar o pH alcalino: cálcio, magnésio e potássio. Por exemplo, “rouba” o cálcio dos ossos, para que o mineral funcione como substância alcalina.

Ora, quando isso acontece, os órgãos ressentem-se e corremos o risco de começar a contrair mais doenças, até porque a acidez é o primeiro passo para a inflamação. Daí que a comida alcalina seja uma das formas de nos sentirmos melhor, prevenirmos doenças (inclusive o cancro) e chegarmos novos a velhos.

 

Gostou da ideia de chegar novo a velho? Então contacte a Clínica Doutor Pinto Coelho e agende uma consulta de medicina anti-aging hoje mesmo!

 

Alimentos alcalinos

Efetivamente a alimentação alcalina é ótima para aumentar a energia, reduzir o risco de várias doenças como osteoporose e doenças cardiovasculares e perder peso. Mas vai mais longe… esta dieta até ajuda na prevenção e tratamento do cancro!

 

Exemplos de alimentos alcalinos:

  • Legumes e verduras: brócolos, espargos, pepino, couve, cebola, alho
  • Frutas alcalinas: limão, laranja, ananás, melancia, manga, maçã, uvas, abacate
  • Oleaginosas: Amêndoas, castanhas, avelãs
  • Bebidas: chá verde, água alcalina, etc…
  • Temperos: canela, sal marinho, chili, curry, mostarda, ervas, gengibre

 

Clique aqui para conhecer o nosso coach em nutrição integrativa!

 

Receitas alcalinas

A Dieta Alcalina não restringe nenhum grupo de alimentos, apenas reforça a importância de consumir alimentos alcalinos, como frutas, legumes e verduras e desaconselha o consumo de comida industrializada, sal, açúcar, bebidas alcoólicas e à base de cafeína que podem prejudicam a saúde. 

Eis algumas das receitas alcalinas com que se pode deliciar!

Alimentação alcalina | Pão de banana

  1. Corte 1 banana verde em pedaços pequenos e misture com 2 ovos e 1 dente de alho.
  2. Adicione uma pitada de sal e orégãos a gosto.
  3. Coloque a mistura num tabuleiro previamente untada e leve ao forno a 180ºC durante 30 minutos.
  4. Retire do forno, corte em fatias e, se preferir, recheie com queijo, atum, tomate e/ou alface.

 

Comida alcalina | Pudim de aveia e cenoura

  1. Misture 1 copo de leite desnatado com 1 cenoura na liquidificadora.
  2. Deite a mistura num recipiente à parte e adicione 6 colheres de sopa de aveia em flocos e 2 colheres de mel ou açúcar mascavo, bem como algumas passas e canela em pó a gosto.
  3. Coloque a mistura no frigorifico num recipiente coberto pelo menos durante 4 horas antes de servir.

 

Receita com alimentos ácidos | Sopa de abacate

  1. Aqueça o azeite e refogue cebola e alho numa panela.
  2. Junte 1 colher de chá de farinha de arroz e mexa rapidamente.
  3. Misture 4 chávenas de chá de caldo de vegetais aos poucos e deixe cozinhar durante 15 minutos, mexendo sempre.
  4. Triture tudo na liquidificadora até obter um creme liso.
  5. Tire a polpa de 2 abacates, corte em pedaços e regue com sumo de limão.
  6. Triture na liquidificadora até obter um creme e junte esse creme ao primeiro preparado.
  7. Aqueça novamente em lume brando sem deixar ferver, antes de servir.

 

Dieta Alcalina | Salada de quinoa com atum

  1. Cozinhe 1 chávena de quinoa seguindo as instruções da embalagem.
  2. Tempere com sal marinho e coloque no frigorífico.
  3. Lave 1 couve-roxa, corte em fatias e disponha numa saladeira juntamente com 1 cenoura descascada e cortada em palitos finos.
  4. Escorra o atum e adicione-o à salada.
  5. Junte a quinoa e misture tudo.
  6. Polvilhe com salsa picada e tempere com pimenta, vinagre e azeite a gosto.

 

Água alcalina

A água alcalina é uma água ionizada que atua como um antioxidante natural, ajudando o organismo a eliminar os resíduos ácidos que o processo natural de digestão produz, prevenindo o desenvolvimento de muitas doenças e combatendo problemas de digestão comuns, como o refluxo ácido.

 

Beber água com limão

Hoje em dia encontra facilmente água alcalina à venda (engarrafada, em pastilhas…) e até existem aparelhos que pode acoplar a uma torneira para obter este tipo de água. Mas, se preferir também pode prepará-la em casa. Receitas não faltam, mas a mais simples é mesmo a água com limão. Apesar de ser um alimento ácido, quando o limão entra em contato com o organismo torna-se alcalino e por isso se adicionar limão à água, simplesmente, consegue obter uma água alcalina.

 

Beber água do mar

A água do mar tem 118 oligoelementos e por isso é uma mais-valia para o organismo. O ideal é beber água do mar diariamente diluída em água mineral. A receita não tem nada que enganar: é só misturar 5 partes de água mineral com 2 partes iguais de água do mar.

Se não conseguir arranjar água do mar, pode diluir num garrafão de 5 litros de água mineral, duas colheres de sobremesa de sal marinho integral.

 

Água alcalina – Benefícios

Como a água alcalina tem um ORP negativo (Oxidation Reduction Potencial) favorece a produção de oxigénio e ajuda a combater os radicais livres. Também regenera células e combate diferentes sinais do envelhecimento. Conheça melhor estes e outros benefícios!

  • A água alcalina previne doenças como diabetes, asma, dermatite, hepatite, artrite, colesterol, obesidade, insónia, neuralgias, disenteria, etc.
  • Promove uma boa oxigenação das células e previne o envelhecimento precoce, pois impede a acumulação de toxinas no organismo que, por sua vez, impedem a regeneração celular. 
  • Combate a retenção de líquidos.
  • Faz uma desintoxicação eficaz que ajuda a eliminar os resíduos ácidos, rejeitos e toxinas que afetam a saúde.
  • Ajuda a digestão, pois desativa a pepsina, que é uma enzima digestiva, e neutraliza a hiperacidez gástrica.
  • Dá mais energia porque aumenta o magnésio intracelular que é necessário para várias reações enzimáticas para produção de energia e ativação da vitamina D.
  • Melhora a memória porque gera alterações hormonais que podem melhorar a parte cognitiva.
  • Deixa a pele mais firme e viçosa e melhora o aspeto das rugas.

Edifício da Malo Clinic
Av. dos Combatentes, 43
3º Piso
1600-042 Lisboa